sexta-feira, 8 de março de 2013

Juedyr presta contas e fala das dívidas do Município



Aconteceu na tarde desta quinta, 28 de fevereiro, na Câmara de Vereadores de Miracema uma audiência publica para prestação de contas do exercício de 2012, referente ao 3º Terceiro Quadrimestre e 6º Bimestre do referido ano em atendimento a Lei 101/2000.

Além da grande presença do público, estiveram também os vereadores: Maguinho, Fia, Gilson, Genessi Rodrigues, Mauricio “Vô”, João Magalhães e o presidente da casa Hugo Fernandes.

Na oportunidade o controlador interno do Município falou das dívidas herdadas da administração anterior e que ao assumir o cargo encontrou uma grande dificuldade em também na contabilidade.


Clik abaixo e leia mais:


A seguir passou a apresentação das contas. Segundo informações atualizadas, as dívidas já apuradas parcialmente, envolvendo débito com fornecedores, servidores e com a Caixa de Previdência do Município, já atingem 16 milhões de reais.

Logo após a fala do Controlador Interno, Douglas Martins Guedes, o Prefeito aproveitou a presença de seus secretários, diretores de departamento e o público para fazer alguns comentários sobre a situação em que assumiu a Prefeitura.

Segundo o Prefeito, como não houve transição, foi feito um convite aos secretários da gestão anterior para que entregassem as pastas à nova administração, a fim de que a mesma tomasse ciência da situação de cada secretaria, o que não foi realizado. Juedyr disse ainda que já fez o pedido via judiciário para que os ex-secretários prestem esclarecimentos a cerca dos problemas encontrados.

Dirigindo-se aos vereadores presentes, o Prefeito solicitou que a Câmara abrisse uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), a fim de apurar irregularidades da gestão anterior. Juedyr disse também que não se importava que a CPI investigasse os atos do Executivo atual e seu secretariado em seus primeiros dias de governo.

Durante a audiência, Juedyr falou sobre os projetos de lei enviados à Camara, destacando a criação da Secretaria Municipal de Defesa Civil e Segurança Pública e divulgou dados referentes à criminalidade no município, somente durante o ano de 2012, após a extinção da Secretaria de Segurança Pública pela gestão anterior. Foram 8 homicídios, 14 tentativas de homicídio, mais de 188 apreensões de drogas e várias de armas de fogo. O índice da massa carcerária oriunda de Miracema no presídio de Itaperuna é um dos maiores.

Ainda no projeto de criação da Secretaria Municipal de Defesa Civil e Segurança Pública, o executivo visa regularizar e equipar corretamente a Guarda Civil Municipal.

Com relação a outros projetos, o Prefeito citou a área de Educação onde durante o recadastramento de funcionários, verificou-se que algumas diretoras de escola recebiam um alto valor de horas-extras, fato este irregular perante a legislação. Para isso há um projeto de lei visando a regularização das gratificações, a fim de que a administração atual proceda corretamente.

Encerrando sua fala, Juedyr disse que somente com a colaboração do povo, será possível enfrentar todas as mazelas herdadas das administrações anteriores, e convidou todos para realizarem junto com o Executivo Municipal, uma administração participativa.


 Fonte: Ascom Miracema

Nenhum comentário: